NET@ESTCB http://www.est.ipcb.pt/net Newsletter de Engenharia e Tecnologias da Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco Atividades Ciência Viva-Criar Futuro 2021 na UTC de Engenharia Electrotécnica e Industrial da EST-IPCB A Unidade Técnico Científica de Engenharia Electrotécnica e Industrial do IPCB, dinamizou 3 estágios para ocupação de jovens nas férias no âmbito da iniciativa Ciência Viva no Laboratório – Criar Futuro 2021. Entre os dias 05 e 09 de julho de 2021 realizou-se o estágio “Descobrir o Nicola Tesla e as suas Invenções”, dinamizado pelo Professor Rogério Dionísio. O estágio teve como mote o inventor Nicola Tesla, e pretendeu desmistificar algumas das suas descobertas tecnológicas juntos dos jovens do 9º Ano de Escolaridade. As atividades laboratoriais desenvolveram-se em torno de três temas: “O Eletromagnetismo desmistificado!”, “As ondas eletromagnéticas em ação!” e “A luz como meio de comunicação!”. Entre os dias 12 e 16 de julho de 2021 realizou-se o estágio “Construção e Controlo de Drones”, dinamizado pelo Professor Pedro Torres, com o(...)]]> A Unidade Técnico Científica de Engenharia Electrotécnica e Industrial do IPCB, dinamizou 3 estágios para ocupação de jovens nas férias no âmbito da iniciativa Ciência Viva no Laboratório – Criar Futuro 2021. Entre os dias 05 e 09 de julho de 2021 realizou-se o estágio “Descobrir o Nicola Tesla e as suas Invenções”, dinamizado pelo Professor Rogério Dionísio. O estágio teve como mote o inventor Nicola Tesla, e pretendeu desmistificar algumas das suas descobertas tecnológicas juntos dos jovens do 9º Ano de Escolaridade. As atividades laboratoriais desenvolveram-se em torno de três temas: “O Eletromagnetismo desmistificado!”, “As ondas eletromagnéticas em ação!” e “A luz como meio de comunicação!”. Entre os dias 12 e 16 de julho de 2021 realizou-se o estágio “Construção e Controlo de Drones”, dinamizado pelo Professor Pedro Torres, com o http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/60f540795f0dd.png Projeto de Engenharia Civil ganha Prémio em Conferência Decorreu no passado dia 19 de maio o 1º Simpósio de Engenharia Civil (SEC 2021). Foi a primeira iniciativa do género em Portugal capaz de congregar todas as Instituições do Ensino Superior Portuguesas que ministram formação em Engenharia Civil. O evento tinha em vista fomentar a publicação científica por estudantes da Licenciatura e Mestrado em Engenharia Civil com base nos trabalhos académicos de final de curso, aproximando empresas e academia num intercâmbio de experiências, reflexão e discussão entre participantes. Um dos trabalhos apresentados pelo IPCB, foi premiado de entre 97 trabalhos submetidos a concurso, com o 2º lugar na Categoria Resumo Alargado – Licenciatura. O Prémio distinguiu o trabalho “Avaliação do Risco de Incêndio de uma Habitação Multifamiliar pelo Método de FRIM“ da autoria da aluna Andreia Madeira Pires e orientado pela Professora(...)]]> Decorreu no passado dia 19 de maio o 1º Simpósio de Engenharia Civil (SEC 2021). Foi a primeira iniciativa do género em Portugal capaz de congregar todas as Instituições do Ensino Superior Portuguesas que ministram formação em Engenharia Civil. O evento tinha em vista fomentar a publicação científica por estudantes da Licenciatura e Mestrado em Engenharia Civil com base nos trabalhos académicos de final de curso, aproximando empresas e academia num intercâmbio de experiências, reflexão e discussão entre participantes. Um dos trabalhos apresentados pelo IPCB, foi premiado de entre 97 trabalhos submetidos a concurso, com o 2º lugar na Categoria Resumo Alargado – Licenciatura. O Prémio distinguiu o trabalho “Avaliação do Risco de Incêndio de uma Habitação Multifamiliar pelo Método de FRIM“ da autoria da aluna Andreia Madeira Pires e orientado pela Professora http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/60d60f4d5bc8f.png Jornadas de Segurança aos Incêndios Urbanos e de Proteção Civil na EST As 7as Jornadas de Segurança aos Incêndios Urbanos e as 2as Jornadas de Proteção Civil realizaram-se nos dias 17 e 18 de junho no Instituto Politécnico de Castelo Branco.  As JORNINC são um evento nacional onde se discute o que tem sido feito de mais significativo nos diversos domínios da segurança ao incêndio, de modo a constituir um fórum de debate alargado entre engenheiros, arquitetos, professores, investigadores, técnicos, estudantes e demais entidades do sistema de proteção civil. Estas Jornadas são atualmente acompanhadas pelas Jornadas de Proteção Civil (JORPROCIV) que vão na sua 2ª edição. A Proteção Civil é uma área importante na proteção das pessoas e merece um evento onde se discute a problemática e a investigação que tem sido realizada em Portugal. As Jornadas de Proteção Civil permitiram partilhar conhecimentos multidisciplinares e(...)]]> As 7as Jornadas de Segurança aos Incêndios Urbanos e as 2as Jornadas de Proteção Civil realizaram-se nos dias 17 e 18 de junho no Instituto Politécnico de Castelo Branco.  As JORNINC são um evento nacional onde se discute o que tem sido feito de mais significativo nos diversos domínios da segurança ao incêndio, de modo a constituir um fórum de debate alargado entre engenheiros, arquitetos, professores, investigadores, técnicos, estudantes e demais entidades do sistema de proteção civil. Estas Jornadas são atualmente acompanhadas pelas Jornadas de Proteção Civil (JORPROCIV) que vão na sua 2ª edição. A Proteção Civil é uma área importante na proteção das pessoas e merece um evento onde se discute a problemática e a investigação que tem sido realizada em Portugal. As Jornadas de Proteção Civil permitiram partilhar conhecimentos multidisciplinares e http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/60d33b7a04c1a.jpg Feira de Emprego da ESTCB Nos dias 19 e 26 de maio realizou-se na Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco (ESTCB) a 10ª Edição da Feira de Emprego. Devido às atuais restrições sanitárias, associadas à pandemia, a edição deste ano foi realizada online. A abertura da Feira de Emprego ocorreu às 15h, em cada um dos dias do evento, com uma sessão onde cada uma das empresas participantes teve a oportunidade de fazer uma breve apresentação aos alunos finalistas da ESTCB, seguida de uma sessão de perguntas e respostas. Durante a sessão, houve oportunidade para os alunos finalistas poderem obter informações e esclarecer dúvidas sobre as ofertas de emprego. Na edição deste ano estiveram presentes na Feira de Emprego 10 empresas, todas com instalações na região de Castelo Branco: Altran / CapGemini, Babel, Everis, ITSector, LabsXD, Noesis, Readiness IT, timwe, TRH e Veratech. A Feira de(...)]]> Nos dias 19 e 26 de maio realizou-se na Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco (ESTCB) a 10ª Edição da Feira de Emprego. Devido às atuais restrições sanitárias, associadas à pandemia, a edição deste ano foi realizada online. A abertura da Feira de Emprego ocorreu às 15h, em cada um dos dias do evento, com uma sessão onde cada uma das empresas participantes teve a oportunidade de fazer uma breve apresentação aos alunos finalistas da ESTCB, seguida de uma sessão de perguntas e respostas. Durante a sessão, houve oportunidade para os alunos finalistas poderem obter informações e esclarecer dúvidas sobre as ofertas de emprego. Na edição deste ano estiveram presentes na Feira de Emprego 10 empresas, todas com instalações na região de Castelo Branco: Altran / CapGemini, Babel, Everis, ITSector, LabsXD, Noesis, Readiness IT, timwe, TRH e Veratech. A Feira de http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/60aebdf107035.jpg IPCB com projeto aprovado no combate às úlceras de pressão O Instituto Politécnico de Castelo Branco, numa iniciativa conjunta da Escola Superior de Tecnologia (ESTCB) e da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias (ESALD), viu recentemente aprovado o projeto SensoMatt, no âmbito da candidatura ao Programa operacional Regional do Centro – Projetos de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico, financiado pelo programa P2020. O projeto reúne a empresa SensoMatt, sediada no CEI – Centro de Empresas Inovadoras, que lidera o projeto, e o IPCB - Instituto Politécnico de Castelo Branco. O projeto tem como objetivo criar uma solução médica para combater úlceras de pressão, com potencial uso em hospitais, lares de idosos ou centro de cuidados continuados. Uma fina colcha de tecido com sensores integrados, colocada debaixo do colchão, irá monitorizar e medir em tempo real a distribuição de pressão do paciente acamado. Com(...)]]> O Instituto Politécnico de Castelo Branco, numa iniciativa conjunta da Escola Superior de Tecnologia (ESTCB) e da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias (ESALD), viu recentemente aprovado o projeto SensoMatt, no âmbito da candidatura ao Programa operacional Regional do Centro – Projetos de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico, financiado pelo programa P2020. O projeto reúne a empresa SensoMatt, sediada no CEI – Centro de Empresas Inovadoras, que lidera o projeto, e o IPCB - Instituto Politécnico de Castelo Branco. O projeto tem como objetivo criar uma solução médica para combater úlceras de pressão, com potencial uso em hospitais, lares de idosos ou centro de cuidados continuados. Uma fina colcha de tecido com sensores integrados, colocada debaixo do colchão, irá monitorizar e medir em tempo real a distribuição de pressão do paciente acamado. Com http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/606473a7c9ed1.png IPCB participa em projeto 5G de condução autónoma O Instituto Politécnico de Castelo Branco viu recentemente aprovada a candidatura do projeto de investigação e desenvolvimento 5GAUTO, financiada pelo programa P2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). O objetivo do projeto é o desenvolvimento e teste de tecnologia 5G para suporte à condução autónoma. O projeto é liderado pela empresa Altice Labs. Para além do IPCB, participam no projeto a empresa tecnológica Allbesmart LDA (spin-off do IPCB) e a empresa Globalvia SA, concessionária da autoestrada A23-Beira Interior.  O projeto vai implementar pilotos demonstradores de serviços cooperativos de transporte inteligentes (C-ITS) em meio urbano (Aveiro) e em cenário de autoestrada (A23). O projeto 5GAUTO vai contribuir para a transformação digital do setor dos transportes rodoviários em Portugal com vista ao aumento da segurança,(...)]]> O Instituto Politécnico de Castelo Branco viu recentemente aprovada a candidatura do projeto de investigação e desenvolvimento 5GAUTO, financiada pelo programa P2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). O objetivo do projeto é o desenvolvimento e teste de tecnologia 5G para suporte à condução autónoma. O projeto é liderado pela empresa Altice Labs. Para além do IPCB, participam no projeto a empresa tecnológica Allbesmart LDA (spin-off do IPCB) e a empresa Globalvia SA, concessionária da autoestrada A23-Beira Interior.  O projeto vai implementar pilotos demonstradores de serviços cooperativos de transporte inteligentes (C-ITS) em meio urbano (Aveiro) e em cenário de autoestrada (A23). O projeto 5GAUTO vai contribuir para a transformação digital do setor dos transportes rodoviários em Portugal com vista ao aumento da segurança, http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/605cab1682334.png Departamento de Tradições Académicas do IPCB disponibiliza equipamento de proteção aos estudantes Num ato de responsabilidade, civismo e de preocupação com o bem-estar geral da comunidade académica, mas também, da própria cidade que acolhe o estudante, o Departamento de Tradições Académicas do IPCB (DTA-IPCB) reuniu esforços e adquiriu, no final do ano 2020, máscaras descartáveis (30 mil) e álcool-gel (327 litros) que através dos Órgãos da Praxe das várias Escolas e Associações Estudantes, incluíndo a AEESTCB, serão distribuídas pelos diversos alunos do IPCB. Desta forma, deixa o DTA-IPCB, bem claro a sua intenção de sensibilizar os colegas estudantes para boas práticas de higiene e segurança. O DTA-IPCB espera que esta atitude possa, além de ajudar todos a mudar de mentalidade, mostar o papel preponderante do Associativismo. O equipamento de proteção será brevemente distribuído pelos estudantes da ESTCB.(...)]]> Num ato de responsabilidade, civismo e de preocupação com o bem-estar geral da comunidade académica, mas também, da própria cidade que acolhe o estudante, o Departamento de Tradições Académicas do IPCB (DTA-IPCB) reuniu esforços e adquiriu, no final do ano 2020, máscaras descartáveis (30 mil) e álcool-gel (327 litros) que através dos Órgãos da Praxe das várias Escolas e Associações Estudantes, incluíndo a AEESTCB, serão distribuídas pelos diversos alunos do IPCB. Desta forma, deixa o DTA-IPCB, bem claro a sua intenção de sensibilizar os colegas estudantes para boas práticas de higiene e segurança. O DTA-IPCB espera que esta atitude possa, além de ajudar todos a mudar de mentalidade, mostar o papel preponderante do Associativismo. O equipamento de proteção será brevemente distribuído pelos estudantes da ESTCB. http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/600e9d9eb8289.jpg Ex-aluno de Engenharia Informática do IPCB publica em revista científica internacional José Paulo de Almeida Amaro, ex-aluno de Engenharia Informática, publicou em janeiro 2021 um artigo na revista científica internacional Advances in Science, Technology and Engineering Systems Journal (ISSN: 2415-6698). O artigo “Autonomous Robot Path Construction Prototype Using Wireless Sensor Networks” resulta do seu projeto de fim de curso, e teve por objetivo descrever a implementação de um protótipo para validar e avaliar o conceito de uma rede de sensores sem fios extensível via cooperação entre nós móveis.   O trabalho foi orientado pelos Professores Adjuntos João Caldeira e Vasco Soares, docentes da Escola Superior de Tecnologia do IPCB.(...)]]> José Paulo de Almeida Amaro, ex-aluno de Engenharia Informática, publicou em janeiro 2021 um artigo na revista científica internacional Advances in Science, Technology and Engineering Systems Journal (ISSN: 2415-6698). O artigo “Autonomous Robot Path Construction Prototype Using Wireless Sensor Networks” resulta do seu projeto de fim de curso, e teve por objetivo descrever a implementação de um protótipo para validar e avaliar o conceito de uma rede de sensores sem fios extensível via cooperação entre nós móveis.   O trabalho foi orientado pelos Professores Adjuntos João Caldeira e Vasco Soares, docentes da Escola Superior de Tecnologia do IPCB. http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/600701cf7ee79.png Professora da EST integra equipa de editores convidados de edição especial da revista “Sustainability” Ana Teresa Vaz Ferreira, docente da Escola Superior de Tecnologia do IPCB, vai integrar a equipa de editores convidados da edição especial da revista suíça “Sustainability”, que terá como tema “Sustainable Construction and Interior Comfort”. Para além da docente do IPCB, integram a equipa Pedro Miguel Vaz Ferreira da UCL – University College London (Londres – UK) e Marco D’Orazio, Vice-reitor da Universitá Politécnica Delle Marche (Ancona – Itália). A docente do IPCB é também membro do painel de revisores desta publicação da editora MDPI, que consta do Scimago Journal and Country Ranking (SJCR) no 2º quartil das áreas de Engenharia, Ciências Ambientais, Planeamento, Gestão e Políticas e Energias Renováveis, Sustentabilidade e Ambiente. Esta edição especial tem como objetivo contribuir para a ‘Long-term strategy for Europe’ e a ‘Renovation wave(...)]]> Ana Teresa Vaz Ferreira, docente da Escola Superior de Tecnologia do IPCB, vai integrar a equipa de editores convidados da edição especial da revista suíça “Sustainability”, que terá como tema “Sustainable Construction and Interior Comfort”. Para além da docente do IPCB, integram a equipa Pedro Miguel Vaz Ferreira da UCL – University College London (Londres – UK) e Marco D’Orazio, Vice-reitor da Universitá Politécnica Delle Marche (Ancona – Itália). A docente do IPCB é também membro do painel de revisores desta publicação da editora MDPI, que consta do Scimago Journal and Country Ranking (SJCR) no 2º quartil das áreas de Engenharia, Ciências Ambientais, Planeamento, Gestão e Políticas e Energias Renováveis, Sustentabilidade e Ambiente. Esta edição especial tem como objetivo contribuir para a ‘Long-term strategy for Europe’ e a ‘Renovation wave http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/600026d9c9748.png Novo Mestre em Desenvolvimento de Software e Sistemas Interactivos O licenciado Vasco Ponciano obteve, por unanimidade dos membros do júri, o grau de Mestre em Desenvolvimento de Software e Sistemas Interactivos com o trabalho intitulado “Signal processing for the measurement of the results of the Timed-Up and Go test using sensors” com a classificação de 19 valores o que corresponde à menção qualitativa de exelente.  A prova decorreu no dia 5 de novembro de 2020 por videoconferência. O júri foi constituído pelos Professores Mónica Costa (Presidente), Hugo Silva (Vogal), Ângela Oliveira (Vogal) e Fernando Reinaldo Ribeiro (Orientador). O trabalho teve coorientação do Professor Ivan Pires. O trabalho apresentado consistiu na análise estatística e com inteligência artificial dos dados recolhidos durante a execução do Timed-Up and Go test com recurso a diversos sensores, sendo que para isso foi desenvolvida uma aplicação móvel(...)]]> O licenciado Vasco Ponciano obteve, por unanimidade dos membros do júri, o grau de Mestre em Desenvolvimento de Software e Sistemas Interactivos com o trabalho intitulado “Signal processing for the measurement of the results of the Timed-Up and Go test using sensors” com a classificação de 19 valores o que corresponde à menção qualitativa de exelente.  A prova decorreu no dia 5 de novembro de 2020 por videoconferência. O júri foi constituído pelos Professores Mónica Costa (Presidente), Hugo Silva (Vogal), Ângela Oliveira (Vogal) e Fernando Reinaldo Ribeiro (Orientador). O trabalho teve coorientação do Professor Ivan Pires. O trabalho apresentado consistiu na análise estatística e com inteligência artificial dos dados recolhidos durante a execução do Timed-Up and Go test com recurso a diversos sensores, sendo que para isso foi desenvolvida uma aplicação móvel http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5fcd357ecda0d.jpeg Projeto de curso sobre apoio à gestão de resíduos apresentado em conferência internacional Hélder M. Rodrigues, ex-aluno de Engenharia Informática, apresentou na 7ª Conferência Ibero-Americana Computação Aplicada 2020, o resultado do seu projeto de fim de curso “Protótipo para Recolha de Informação de Apoio à Gestão de Resíduos”. O trabalho desenvolvido para a empresa EVOX Technologies, teve por objetivo apresentar o desenho e implementação de um protótipo para obtenção de informação sobre níveis de enchimento, anomalias e outros alertas relacionados com contentores de resíduos urbanos, durante a recolha destes pelos cantoneiros. Foram apresentadas as tecnologias adotadas a nível de hardware e software para implementação do protótipo baseado num LCD que comunica com um sistema remoto de gestão de resíduos. Este protótipo constitui uma alternativa viável e vantajosa à solução tradicional baseada numa botoneira simples e(...)]]> Hélder M. Rodrigues, ex-aluno de Engenharia Informática, apresentou na 7ª Conferência Ibero-Americana Computação Aplicada 2020, o resultado do seu projeto de fim de curso “Protótipo para Recolha de Informação de Apoio à Gestão de Resíduos”. O trabalho desenvolvido para a empresa EVOX Technologies, teve por objetivo apresentar o desenho e implementação de um protótipo para obtenção de informação sobre níveis de enchimento, anomalias e outros alertas relacionados com contentores de resíduos urbanos, durante a recolha destes pelos cantoneiros. Foram apresentadas as tecnologias adotadas a nível de hardware e software para implementação do protótipo baseado num LCD que comunica com um sistema remoto de gestão de resíduos. Este protótipo constitui uma alternativa viável e vantajosa à solução tradicional baseada numa botoneira simples e http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5fbcf097bc8fd.PNG Solução para monitorização e controlo remoto de quadros elétricos Solução para a monitorização e controlo remoto de quadros elétricos foi apresentada no passado dia 28 de outubro na Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco. Esta aplicação surgiu de uma necessidade verificada pelas empresas de instalações elétricas quando instalam quadros elétricos em obras temporárias, como por exemplo na produção de espetáculos, feiras e eventos. Esta solução consiste na instalação de relés/disjuntores e sensores específicos no quadro elétrico a monitorizar, e numa aplicação para telemóvel/tablet. A aplicação permite que os instaladores consigam de forma remota, monitorizar os consumos de energia e proceder ao acionamento de circuitos elétricos, como por exemplo controlo de projetores de luz. Esta solução foi desenvolvida no âmbito do projeto final de curso de Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e das Telecomunicações,(...)]]> Solução para a monitorização e controlo remoto de quadros elétricos foi apresentada no passado dia 28 de outubro na Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco. Esta aplicação surgiu de uma necessidade verificada pelas empresas de instalações elétricas quando instalam quadros elétricos em obras temporárias, como por exemplo na produção de espetáculos, feiras e eventos. Esta solução consiste na instalação de relés/disjuntores e sensores específicos no quadro elétrico a monitorizar, e numa aplicação para telemóvel/tablet. A aplicação permite que os instaladores consigam de forma remota, monitorizar os consumos de energia e proceder ao acionamento de circuitos elétricos, como por exemplo controlo de projetores de luz. Esta solução foi desenvolvida no âmbito do projeto final de curso de Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e das Telecomunicações, http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5f9d40a1d5c4d.jpg Docentes da EST com artigo científico distinguido Os docentes da Escola Superior de Tecnologia do IPCB, Professor Adjunto Vasco Soares e Professor Adjunto João Caldeira, participaram em coautoria no artigo científico intitulado “Network Management and Monitoring Solutions for Vehicular Networks: A Survey” publicado na revista Electronics, MDPI (ISSN 2079-9292; CODEN: ELECGJ), em maio 2020.  Este artigo foi agora distinguido na revista, tendo sido selecionado como “Editor’s Choice”, que destaca os artigos originais com contributos importantes e impactantes, bem como artigos de revisão que são escritos de forma excelente.  O artigo apresenta o estado da arte em soluções para monitorização e gestão de redes veiculares, discute as suas vantagens e desvantagens, identifica questões em aberto e fornece orientações para futuras contribuições nesta área. (...)]]> Os docentes da Escola Superior de Tecnologia do IPCB, Professor Adjunto Vasco Soares e Professor Adjunto João Caldeira, participaram em coautoria no artigo científico intitulado “Network Management and Monitoring Solutions for Vehicular Networks: A Survey” publicado na revista Electronics, MDPI (ISSN 2079-9292; CODEN: ELECGJ), em maio 2020.  Este artigo foi agora distinguido na revista, tendo sido selecionado como “Editor’s Choice”, que destaca os artigos originais com contributos importantes e impactantes, bem como artigos de revisão que são escritos de forma excelente.  O artigo apresenta o estado da arte em soluções para monitorização e gestão de redes veiculares, discute as suas vantagens e desvantagens, identifica questões em aberto e fornece orientações para futuras contribuições nesta área.  http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5f9d3f06c0bd1.png IPCB na linha da frente no desenvolvimento de tecnologia para o sector Industrial Decorreu no dia 16 de outubro de 2020, mais uma fase de instalação de equipamentos ciberfísicos nas instalações da empresa IDEPA – Indústria de Passamanarias, em São João da Madeira, no âmbito do projeto mobilizador PRODUTECH SIF – Soluções para a Indústria de Futuro. No âmbito deste projeto, o IPCB, sob coordenação do Professor Doutor Pedro Torres, teve um papel importante no desenvolvimento de uma SmartBox, hardware inteligente, que permite equipamentos de tecnologia mais antiga e equipamentos recentes falarem a mesma linguagem, colocando a IDEPA em linha com o paradigma da Indústria 4.0. Atualmente é possível receber, remotamente, informação de cada uma das máquinas no espaço fabril, prever anomalias, gerir consumos de energia, estabelecer comunicação entre máquinas, entre máquinas e operadores através de realidade aumentada e comunicação com robôs(...)]]> Decorreu no dia 16 de outubro de 2020, mais uma fase de instalação de equipamentos ciberfísicos nas instalações da empresa IDEPA – Indústria de Passamanarias, em São João da Madeira, no âmbito do projeto mobilizador PRODUTECH SIF – Soluções para a Indústria de Futuro. No âmbito deste projeto, o IPCB, sob coordenação do Professor Doutor Pedro Torres, teve um papel importante no desenvolvimento de uma SmartBox, hardware inteligente, que permite equipamentos de tecnologia mais antiga e equipamentos recentes falarem a mesma linguagem, colocando a IDEPA em linha com o paradigma da Indústria 4.0. Atualmente é possível receber, remotamente, informação de cada uma das máquinas no espaço fabril, prever anomalias, gerir consumos de energia, estabelecer comunicação entre máquinas, entre máquinas e operadores através de realidade aumentada e comunicação com robôs http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5f8cade53a84e.JPG Docente da EST especialista em avaliações em engenharia pela Ordem dos Engenheiros Foi recentemente autorgado ao professor coordenador Francisco José Freire Lucas, docente da UTC de Engenharia Civil da Escola Superior de Tecnologia, o título de Especialista em "Avaliações de Engenharia", pela Ordem dos Engenheiros. Para além da sua vasta experiência como avaliador de bens de engenharia o professor Francisco Lucas tem consolidada a sua formação académica naquela área através da frequência e aprovação dos programas de "Estudos Avançados em Engenharia e Gestão" (IST), "Pós-Graduação em Avaliação e Gestão da Atividade Imobiliária" (ISCAC/Coimbra Business School) e "Especialização em Avaliação de Propriedades Rústicas" (ESAI), entre outros. Recorde-se que o professor Francisco Lucas é engenheiro civil (IST) desde 1981 e é igualmente especialista pela Ordem dos Engenheiros em "Segurança no Trabalhos da Construção" (desde 2009) e em(...)]]> Foi recentemente autorgado ao professor coordenador Francisco José Freire Lucas, docente da UTC de Engenharia Civil da Escola Superior de Tecnologia, o título de Especialista em "Avaliações de Engenharia", pela Ordem dos Engenheiros. Para além da sua vasta experiência como avaliador de bens de engenharia o professor Francisco Lucas tem consolidada a sua formação académica naquela área através da frequência e aprovação dos programas de "Estudos Avançados em Engenharia e Gestão" (IST), "Pós-Graduação em Avaliação e Gestão da Atividade Imobiliária" (ISCAC/Coimbra Business School) e "Especialização em Avaliação de Propriedades Rústicas" (ESAI), entre outros. Recorde-se que o professor Francisco Lucas é engenheiro civil (IST) desde 1981 e é igualmente especialista pela Ordem dos Engenheiros em "Segurança no Trabalhos da Construção" (desde 2009) e em http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5f779e87986fb.jpg IPCB com projeto de investigação aprovado na área da Inteligência Artificial para redes 5G O projeto de Investigação e Desenvolvimento AI4GREEN (Artificial Intelligence for 5G Green Networks) foi recentemente aprovado pelo programa P2020 no âmbito da chamada para Projetos de I&D Industrial à Escala Europeia (Aviso 16/SI/2019).  O projeto AI4GREEN constitui a componente nacional de um projeto europeu mais vasto, aprovado pela iniciativa CELTIC (Cooperation for an European sustained Leadership in Telecommunications) do programa EUREKA, coordenado pelo KTH Royal Institute of Technology (Suécia). O consumo energético da rede móvel, incluindo estações base e antenas, é a componente que mais contribui para os custos operacionais dos operadores de telecomunicações, representando perto de 30% do OPEX no caso das redes móveis de quarta geração (4G). É expectável que o consumo energético aumente com a implementação do 5G e a densificação da rede móvel. O(...)]]> O projeto de Investigação e Desenvolvimento AI4GREEN (Artificial Intelligence for 5G Green Networks) foi recentemente aprovado pelo programa P2020 no âmbito da chamada para Projetos de I&D Industrial à Escala Europeia (Aviso 16/SI/2019).  O projeto AI4GREEN constitui a componente nacional de um projeto europeu mais vasto, aprovado pela iniciativa CELTIC (Cooperation for an European sustained Leadership in Telecommunications) do programa EUREKA, coordenado pelo KTH Royal Institute of Technology (Suécia). O consumo energético da rede móvel, incluindo estações base e antenas, é a componente que mais contribui para os custos operacionais dos operadores de telecomunicações, representando perto de 30% do OPEX no caso das redes móveis de quarta geração (4G). É expectável que o consumo energético aumente com a implementação do 5G e a densificação da rede móvel. O http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5f33c17494f16.png Licenciatura em Engenharia das Energias Renováveis acreditada por 6 anos A Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) acreditou, pelo período máximo (6 anos), a licenciatura em Engenharia das Energias Renováveis do IPCB.   Lecionada na Escola Superior de Tecnologia do IPCB, a licenciatura em Energias Renováveis foi acreditada, segundo a A3ES. A qualificação e especialização do corpo docente na área das energias renováveis, tal como a elevada taxa de empregabilidade associada à facilidade na obtenção do primeiro emprego, foram considerados pontos fortes por parte desta agencia de acreditação.  A licenciatura em Energias Renováveis é uma licenciatura de 3 anos que permite o desenvolvimento de projetos na área da instalação e produção de sistemas que utilizem Energias Renováveis, de forma isolada ou integrada;  a consultadoria em projetos, análises de viabilidade técnico/económica, avaliação das melhores(...)]]> A Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) acreditou, pelo período máximo (6 anos), a licenciatura em Engenharia das Energias Renováveis do IPCB.   Lecionada na Escola Superior de Tecnologia do IPCB, a licenciatura em Energias Renováveis foi acreditada, segundo a A3ES. A qualificação e especialização do corpo docente na área das energias renováveis, tal como a elevada taxa de empregabilidade associada à facilidade na obtenção do primeiro emprego, foram considerados pontos fortes por parte desta agencia de acreditação.  A licenciatura em Energias Renováveis é uma licenciatura de 3 anos que permite o desenvolvimento de projetos na área da instalação e produção de sistemas que utilizem Energias Renováveis, de forma isolada ou integrada;  a consultadoria em projetos, análises de viabilidade técnico/económica, avaliação das melhores http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5efb3487485cf.jpg CTeSP em Construção Civil A Unidade Técnico-Científica de Engenharia Civil da Escola Superior de Tecnologia do IPCB tem o prazer de informar que a Direção Geral do Ensino Superior aprovou recentemente a proposta de alteração do CTeSP que leciona. Desta forma, para além de uma designação mais consentânea com os novos objetivos propostos: CTeSP em Construção Civil, foram alterados significativamente o plano curricular do curso e alargadas as competências profissionais dos seus futuros diplomados. Assim, foram já encetadas diversas diligências das quais se destaca os contactos com vista ao reconhecimento daquele curso pela Associação dos Agentes Técnicos de Arquitetura e Engenharia (AATAE).(...)]]> A Unidade Técnico-Científica de Engenharia Civil da Escola Superior de Tecnologia do IPCB tem o prazer de informar que a Direção Geral do Ensino Superior aprovou recentemente a proposta de alteração do CTeSP que leciona. Desta forma, para além de uma designação mais consentânea com os novos objetivos propostos: CTeSP em Construção Civil, foram alterados significativamente o plano curricular do curso e alargadas as competências profissionais dos seus futuros diplomados. Assim, foram já encetadas diversas diligências das quais se destaca os contactos com vista ao reconhecimento daquele curso pela Associação dos Agentes Técnicos de Arquitetura e Engenharia (AATAE). http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5ef12c1945212.jpeg Docentes da EST concluem formação com vista à implementação do ensino digital Os docentes da Escola Superior de Tecnologia do IPCB: Ana Teresa Vaz Ferreira, Ângela Oliveira, Bruno Matias, Constança Rigueiro, Francisco José Freire Lucas, Paulo Jorge Sequeira Gonçalves e Rogério Pais Dionísio, concluíram com sucesso a formação online intitulada "The New Role of the Educator: Best Practices in Online Education" ministrada pela IE University/Madrid. A sua formação foi financiada integralmente por uma das 5000 bolsas que os promotores IE Fundation-Santander pretendem atribuir a docentes de cerca de 13 países, nomeadamente: Alemanha, Brasil, China, EUA, Espanha, Portugal e Reino Unido, por forma a apoiá-los na sua transição para um ambiente de ensino-aprendizagem à distância, isto é, apoiado nas novas tecnologias de informação. O curso, estruturado em vários módulos, aborda tópicos abrangentes do ensino à distância com suporte em tecnologias(...)]]> Os docentes da Escola Superior de Tecnologia do IPCB: Ana Teresa Vaz Ferreira, Ângela Oliveira, Bruno Matias, Constança Rigueiro, Francisco José Freire Lucas, Paulo Jorge Sequeira Gonçalves e Rogério Pais Dionísio, concluíram com sucesso a formação online intitulada "The New Role of the Educator: Best Practices in Online Education" ministrada pela IE University/Madrid. A sua formação foi financiada integralmente por uma das 5000 bolsas que os promotores IE Fundation-Santander pretendem atribuir a docentes de cerca de 13 países, nomeadamente: Alemanha, Brasil, China, EUA, Espanha, Portugal e Reino Unido, por forma a apoiá-los na sua transição para um ambiente de ensino-aprendizagem à distância, isto é, apoiado nas novas tecnologias de informação. O curso, estruturado em vários módulos, aborda tópicos abrangentes do ensino à distância com suporte em tecnologias http://www.est.ipcb.pt/net/v2/__miniaturas/5ecfd4cfa5b6e.png